in

Mama tuberosa: O que é e como tratar a malformação dos seios

As mamas tuberosas são conhecidas como deformidade tuberosa da mama, que se constitui em uma rara alteração mamária e recebeu esse nome por conta de sua aparência que se assemelha com raízes de plantas tuberosas.

De acordo com a medicina, a mama começa se desenvolver na 5ª semana de vida do bebê no útero de sua mãe, entre 10 semanas e 14 semanas, os brotos mamários da região torácica são envolvidos por uma lâmina de tecido mesodérmico, denominada fáscia superficial. Porém, o crescimento completo acontece na puberdade.

Esta deformidade congênita pode ocorrer mais em uma mama que na outra, deixando os seios com um formato que pode causar estranheza na mulher e por ser símbolo de feminilidade acaba causando um impacto devastador.

Abaixo imagem da má formação da mama e posterior correção da deformidade congênita.

Ainda que tal deformidade não cause problemas funcionais, acabam afetando diretamente a auto estima e saúde emocional em qualquer pessoa.

Sintomas iniciais da mama tuberosa

Os principais sintomas são:

  • – Hipoplasia mamária (quando a mama é menor que o normal)
  • – Deficiência na pele da mama
  • – Mau posicionamento dos seios
  • – Hérnia areolar
  • – Mamilos e aréola inchados
  • – Assimetria mamária
  • Tratamento da mama tuberosa

    O tratamento da mama tuberosa é feito com correção através da cirurgia plástica, com ou sem implantes de silicone. A avaliação é feita caso a caso.

    A cirurgia diminui o diâmetro da aréola e baixa o sulco mamário para atingir a posição adequada.

    A correção da mama tuberosa deve ser feita por um médico especialista e capacitado.

    5 máscaras caseiras que seu rosto agradecerá por usar

    10 hábitos que prejudicam o cérebro